Em meio a um mercado cada vez mais complexo e competitivo, tomar a decisão certa é uma necessidade primordial para a sobrevivência de um negócio. Para isso, é importante acompanhar os indicadores de desempenho do seu posto de combustíveis.

Os indicadores são métricas, informações que contribuem para que a empresa avalie seus resultados internos e externos. Esses indicadores estão geralmente embasados em gestão de clientes, funcionários, resultados de vendas e marketing.

Quando uma empresa possui essas referências em mãos, é possível saber se os investimentos estão gerando o retorno desejado e criar novos planos de ação, mais consistentes e eficazes.

Deseja saber mais sobre o assunto? Continue lendo o post que preparamos para você. Separamos cinco principais indicadores de desempenho para o seu negócio. Boa leitura!

1. Net Promoter Score (NPS)

O NPS é um dos indicadores mais utilizados em todo o mundo. Seu objetivo é mensurar o nível de satisfação e fidelidade dos clientes. Empresas como Tesla Motors, Apple, Amazon e muitas outras acompanham esse indicador mês a mês.

Será que os clientes do seu posto estão felizes com o produto recebido? Será que eles indicariam o seu negócio para um amigo ou familiar? Essas questões podem ser facilmente respondidas ao aplicar o cálculo do NPS.

Para encontrar o NPS do seu negócio, uma única pergunta deve ser feita ao cliente:

“Em uma escala de zero a dez, o quanto indicaria nossa empresa para um amigo ou familiar?”

Com as respostas obtidas é possível classificar os clientes detratores (notas de 0 a 6), neutros (7 a 8) e promotores (avaliações de 9 a 10). O ideal é ter uma base forte de clientes promotores, que falam bem da empresa para as outras pessoas.

Depois, para encontrar o percentual de NPS, a seguinte fórmula deve ser aplicada:

NPS = % de promotores – % de detratores

Não há um percentual ideal de NPS, isso varia de acordo com cada empreendimento. Você pode acompanhar a média de NPS do seu negócio utilizando benchmarks (espécies de bancos de dados de marketing). O mais conhecido é o NPS benchmark.

Para obter um nível eficiente de NPS, é importante criar vantagens para os consumidores e buscar retê-los em seu posto. Para isso, você pode usar um programa de fidelidade!

2. Ticket médio

O ticket médio é um indicador de desempenho diretamente associado com a área de vendas. Com ele, é possível conhecer o valor médio das suas vendas, se está de acordo com o desejado pela empresa e praticado pelos outros postos da cidade. 

O cálculo do ticket médio é bastante simples, você só precisa de duas informações: o faturamento de determinado período (seja mensal, trimestral etc.) e o número de vendas efetivadas nesse mesmo período (emissões de cupons fiscais). Veja:

Ticket médio = faturamento bruto período (x) / volume total de vendas

Imagine que no primeiro trimestre de 2017 você teve o equivalente a R$ 500 mil em vendas de gasolina. No mesmo período, foram registradas (com base na emissão dos cupons fiscais) seis mil vendas efetivadas. Nesse caso, o ticket médio do seu posto é de R$ 83,33.

Um único passo para aumentar as vendas do seu posto!

3. Retorno sobre investimentos (ROI)

Se você costuma investir em treinamentos para seus funcionários, na aquisição de novos equipamentos para modernizar o posto ou em ações de marketing para atrair clientes, então o cálculo do ROI será muito útil para você.

Esse indicador permite saber quanto de retorno um determinado investimento gerou para a empresa. Com isso, poderá priorizar seus investimentos e entender o que é melhor para a lucratividade e crescimento do seu empreendimento.

Veja como o cálculo do ROI é simples:

ROI = (retorno obtido – investimento feito) / investimento feito

Imagine que você adquiriu uma nova bomba de abastecimento no valor de R$ 20 mil. Depois, notou que as vendas da empesa cresceram em R$ 30 mil. Ao aplicar a fórmula já citada, terá um ROI de 0,5 vezes o valor investido (ou 50%, ao transformá-lo em porcentagem).

4. Custo de aquisição de clientes (CAC)

Para adquirir cada cliente existe um valor financeiro investido. Você sabe o quanto investe? Se não, esse é outro indicador ideal para o seu posto. Com o CAC, você pode monitorar melhor seus investimentos e avaliar os resultados alcançados.

Para definir o custo de aquisição de clientes, basta dividir o valor aplicado em campanhas de marketing e vendas pelo número de clientes adquiridos em determinado período. Veja como a fórmula pode ser montada:

CAC = soma dos investimentos em marketing e vendas / número de clientes adquiridos

Para Kotler, guru do marketing, manter clientes custa entre 5 e 7 vezes mais barato do que adquirir novos. Por isso, na maioria dos casos, é mais interessante investir em ferramentas de fidelização e geração de vendas recorrentes.

5. Taxa de turnover

Além de todos os indicadores já citados, é interessante definir um indicador relacionado à gestão de pessoas. Isso porque funcionários satisfeitos produzem mais e melhor, otimizando os resultados da empresa no mercado.

Para isso, um dos indicadores mais compartilhados é a taxa de turnover. Esse método busca identificar o percentual de funcionários que deixam a empresa em determinado período.

Quando o turnover é elevado, a empresa perde dinheiro com rescisões trabalhistas, tempo com a aplicação de novos processos seletivos e tem sua imagem de marca empregadora prejudicada no mercado de trabalho. Veja como calcular o turnover:

Turnover = número total de desligamentos no período (x) / total de funcionários no mesmo período x 100

O ideal é realizar o cálculo com informações de um ano de atividade. O resultado deve ficar em torno de 5%, mas isso pode variar de acordo com cada empresa. Se seu posto apresentar um valor acentuado de turnover, é necessário repensar as políticas de recursos humanos (RH).

Esses são os principais indicadores de desempenho que você pode utilizar em seu posto de combustíveis. Ao aplicá-los, terá informações relevantes para criar um bom plano de atuação no mercado, conquistar clientes e aumentar a lucratividade do seu negócio.

Agora que está por dentro do assunto e conhece os principais indicadores de desempenho, aproveite para compartilhar conosco suas dúvidas ou experiências sobre o assunto. Deixe seu comentário!

Gostou do Post? Quer receber mais textos como esse?

Assine nosso Blog e receba novos posts diretamente em seu Email.