Iniciativas que possibilitem economizar água e energia em posto de combustível são sempre bem-vindas. Isso porque, mesmo que representem custos pontuais, no médio e no longo prazo elas trazem benefícios inquestionáveis do ponto de vista financeiro e da sustentabilidade do negócio, diminuindo a pegada ambiental do posto, isto é, a quantidade de recursos que ele consome e de impactos que gera.

Muitos postos de combustíveis, dentro e fora do Brasil, já buscam o status de negócios ecoeficientes, pelo seu desempenho na gestão do consumo de água e energia, assim como na construção e operação com menor impacto ambiental.

Para se ter uma ideia, as inovações sustentáveis vão desde a adoção de lâmpadas de LED até o reaproveitamento da água usada em lavagens, passando pela coleta seletiva de resíduos. Essas iniciativas, segundo dados da distribuidora Ipiranga, faz com que os postos ecoeficientes economizem 25% em energia e até 80% no consumo de água, fatores com grande peso no orçamento de qualquer negócio.

Outra característica dos postos ecoeficientes mais recentes é a preocupação que já começa na própria construção do estabelecimento, projetado para aproveitar melhor a luminosidade natural e a água proveniente das chuvas, evitar desperdícios e demandar uma quantidade menor de materiais de construção.

Uma das técnicas mais usadas é a construção modular a seco, que traz todas as vantagens citadas e ainda reduz o tempo necessário para a obra ficar pronta.

Neste texto, vamos focar nas medidas voltadas para a redução de água e energia. Afinal, por serem estabelecimentos que funcionam muitas horas por dia, às vezes até ininterruptamente, os postos acabam consumindo uma grande quantidade desses dois recursos. Por isso, o bom administrador precisa ficar atento para as iniciativas que podem reduzir as contas e, ainda, fazer do posto uma empresa mais sustentável.

Para economizar água

Verifique goteiras e vazamentos

Essa é a medida mais simples e mais imediata que você pode tomar. Faça inspeções frequentes para verificar se existem goteiras, vazamentos, juntas danificadas e outros problemas semelhantes nas torneiras e na tubulação interna do posto.

O hidrômetro é outro ponto de atenção e deve ser checado frequentemente. Uma torneira pingando pode resultar no desperdício de 50 litros de água por dia. Agora imagine ao longo do tempo o tamanho do prejuízo que isso pode gerar.

Armazene para reutilizar

A lavagem de veículos no seu posto pode se tornar uma fonte de economia de água. Para isso, basta instalar canaletas na área em que ocorre a lavagem, direcionando a água para um reservatório.

Dependendo do tratamento que você puder dar a ela, a água pode ser reutilizada para a limpeza do posto e até em outras lavagens de veículos. Há no mercado sistemas de armazenamento e filtragem automática com capacidade para até 3 mil litros por hora.

Se você acha que o investimento pode ser caro e trabalhoso, leve em conta também que ele vai reduzir o seu consumo de água em, pelo menos, 50% (quanto maior for o seu volume de clientes, maior tende a ser a economia).

Escolha descargas econômicas

Se você está em fase de construção ou reforma do seu posto, avalie a possibilidade de instalar o modelo de vaso sanitário que vem com a caixa d’água acoplada.

Essa característica resulta no emprego de uma quantidade muito menor de água a cada descarga quando comparado com outros modelos. As novas descargas também vêm com opções de capacidade menor de armazenamento, como a de 10 litros.

Ebook Gratuito: Conheça as Ferramentas do ClubPetro e quais problemas elas resolvem

Capte água da chuva

Essa é outra medida que gera uma economia excepcional. Ao captar a água da chuva e reaproveitá-la nas atividades do posto, você vai usar uma quantidade menor de água proveniente do sistema de abastecimento público, diminuir gastos e ficar menos dependente desse recurso. Em algumas cidades, há benefícios fiscais para estabelecimentos que adotam essa prática. Veja se é o seu caso.

Os sistemas de aproveitamento das águas pluviais são instalados a partir do telhado dos postos, onde ocorre a captação. Em seguida, o líquido passa por um processo de decantação (para que sejam eliminadas as impurezas) e depois tem sua acidez ajustada. Os passos seguintes são a aplicação de cloro e a filtragem. A água resultante do processo pode ser usada para descargas, limpeza e outras aplicações semelhantes.

Mais dicas para economizar água

Se investir em um sistema de captação ou reaproveitamento de água parece algo fora da realidade de sua empresa, considere tomar outras medidas, mais simples. Entre as possibilidades, está a substituição de torneiras convencionais por modelos automáticos, que impedem o desperdício. Outro exemplo é a adoção de mangueiras de alta pressão, que garantem uma economia de até 80% em relação aos modelos comuns.

São investimentos de valor baixo e que trazem resultados imediatos. Na próxima conta, você já começa a sentir a diferença.

Como economizar energia

Aproveite a luz solar

Essa é uma das medidas mais eficazes para a economia de energia elétrica, especialmente em um país ensolarado como o Brasil. A utilização da luz solar pode começar na instalação de janelas maiores e claraboias para que os ambientes internos não precisem (ou precisem menos) de luz artificial durante o dia.

No entanto, se for possível, o ideal é ir além e colocar placas de captação e conversão da luz do sol em energia. O investimento é razoável, mas se paga em pouco tempo.

A disponibilidade de energia elétrica para manter a água de chuveiros e do enxágue dos carros é muito importante para a operação de um posto. Isso porque água aquecida é mais efetiva na remoção de sujeira e sua utilização permite que haja redução da quantidade de detergente e da própria água no processo de lavagem.

Use equipamentos de forma inteligente

Esse é um ponto em que o olhar do gestor e o comprometimento da equipe são fundamentais. Estabelecer uma rotina e procedimentos adequados para o uso de equipamentos eletrônicos podem resultar em uma grande diminuição do consumo.

Ar-condicionado, computadores, lâmpadas e outros utensílios eletrônicos ligados desnecessariamente são sinônimos de dinheiro jogado fora, desperdício e prejuízos ao meio ambiente (a energia tem custos econômicos, sociais e ambientais para ser gerada!).

Procure fazer um controle dos equipamentos eletrônicos disponíveis no posto, quanto tempo eles ficam ligados e vai perceber que há espaço para um melhor aproveitamento. Logo isso vai se refletir na sua conta de luz.

Receitas para economizar água e energia em posto de combustível

As dicas que listamos estão entre as providências mais comuns para economizar água e energia em posto de combustível, mas existem certamente muitas outras. Qual é a sua? Use a caixa de comentários para compartilhar com a gente as suas técnicas para tornar o seu posto mais sustentável e econômico!

Gostou do Post? Quer receber mais textos como esse?

Assine nosso Blog e receba novos posts diretamente em seu Email.