Agradar o consumidor é uma tarefa cada vez mais desafiadora. Isso porque ele não quer apenas preços competitivos e um serviço eficiente, mas também um atendimento em que o respeito e a boa educação estejam em evidência. De que forma um posto de combustíveis pode se destacar em relação à concorrência? Uma boa resposta para essa pergunta é: promovendo um bom treinamento de frentistas.

Sem dúvida, os frentistas são essenciais para conquistar os clientes e aumentar a lucratividade do negócio. Além de estarem em contato direto com o público-alvo, são responsáveis por criar uma identidade positiva entre o estabelecimento e a clientela, o que impulsiona as vendas.

Neste post, vamos apresentar oito dicas valiosas sobre como capacitar os frentistas e proporcionar condições para um excelente trabalho. Confira:

1. Tenha foco no atendimento ao cliente

Imagine que o gestor de um posto é bastante rigoroso na seleção de seus empregados. Contudo, acaba cometendo uma falha grave: não promove uma capacitação voltada para os frentistas terem um bom relacionamento com os consumidores.

Para evitar esse tipo de situação, faça com que os empregados participem de cursos rápidos, palestras ou workshops com profissionais qualificados em dar informações sobre como prestar um atendimento de alto nível.

Também é importante o revendedor conversar com os funcionários sobre a relevância de trabalhar com foco na satisfação do cliente. Isso vai ajudar os colaboradores a compreenderem o papel do consumidor na rotina da empresa.

2. Priorize a segurança

Evitar acidentes é uma iniciativa muito importante em qualquer local de trabalho. Nos postos de combustíveis, é fundamental que as normas de segurança sejam bem detalhadas para todos os colaboradores. Um dos motivos é que o respeito às regras vai dar mais tranquilidade não apenas para os empregados, mas também para os clientes.

A recomendação é ofertar palestras sobre como prevenir acidentes no posto, que podem ser feitas por um componente do Corpo de Bombeiros ou por um especialista em segurança do trabalho. Esses profissionais podem fornecer dicas importantes para o bem-estar de todos.

Um aspecto bastante abordado nas capacitações relacionadas com a segurança é a proibição de usar o telefone móvel nas proximidades da bomba de combustível. Essa informação deve ser bem assimilada pelos frentistas, pois diminuirá, consideravelmente, o risco de explosões.

3. Aborde técnicas de finanças no treinamento de frentistas

No sentido de promover um atendimento mais completo e de reduzir custos, os gestores podem oferecer treinamentos voltados para o setor financeiro, já que os frentistas participam dos processos de pagamentos.

As capacitações podem ter tópicos relacionados sobre como conferir o troco, explicar as modalidades de pagamento (dinheiro, cartão, entre outras) e entender a relevância do fluxo de caixa. Afinal, os empregados são peça-chave no bom andamento dos negócios.

Com uma visão mais qualificada sobre a gestão das finanças, os frentistas estarão mais capacitados para sugerir ao proprietário ações que podem conquistar o cliente.

Por exemplo, um colaborador percebe que o movimento poderia ser maior em um determinado dia da semana. Por causa disso, ele conversa com o dono do posto sobre a possibilidade de fazer uma promoção, oferecendo combustível com um valor mais em conta. Inegavelmente, a medida é uma forma de aumentar a visibilidade do empreendimento e os lucros.

Guia completo de criação de metas em postos

4. Valorize a ética e a responsabilidade

Não adianta ter simpatia e uma boa infraestrutura caso os frentistas não tenham treinamentos voltados para a ética profissional e a responsabilidade perante o estabelecimento e os clientes.

Qualquer pessoa merece ser tratada com respeito. Por isso, é fundamental que o frentista mantenha uma uniformidade no atendimento, independentemente da classe social e do comportamento do consumidor.

Uma forma de conquistar a confiança do público é pedir, no início do abastecimento, para o consumidor verificar se a bomba está zerada. Também é necessário evitar, ao máximo, que haja respingo de combustível nos veículos, pois é uma situação que gera aborrecimentos e insatisfação.

O frentista deve ter uma postura transparente, informando com antecedência quando faltará ao trabalho ou chegará atrasado.

5. Aponte os benefícios de um bom relacionamento com o público

Uma maneira de promover o engajamento dos colaboradores é mostrar que eles também vão sair ganhando se tiverem uma boa performance. O ideal é fazer capacitações que abordem como os frentistas podem ser contemplados quando o serviço apresenta um alto nível de qualidade.

O gestor pode premiar os profissionais quando as metas forem alcançadas. Se o treinamento mostrar isso de forma clara para os colaboradores, os resultados serão bem mais expressivos.

6. Mostre como a boa apresentação é importante

Ter boas intenções e preços atrativos são indicativos valiosos para ganhar a clientela. Todavia, é crucial contar com treinamentos que priorizem a boa apresentação dos frentistas durante o atendimento.

Além de cuidados com a higiene pessoal (barba feita, unhas cuidadas etc.), o colaborador deve ter uma boa postura corporal e uma comunicação verbal positiva. Ninguém gosta de ser atendido por uma pessoa mal-humorada e com uma expressão carrancuda.

A cortesia, a paciência e a boa educação fazem uma grande diferença e contam pontos valiosos para conquistar os clientes.

7. Invista em oferecer serviços diferenciados

Cumprimentar o consumidor e fazer o serviço corretamente são atitudes bastante recomendadas. Melhor ainda é mostrar aos frentistas que eles podem ir além. Ou seja, podem oferecer para os clientes outros serviços, como:

  • limpar o para-brisas;
  • calibrar os pneus;
  • adicionar água no radiador;
  • verificar o nível de óleo.

Quanto mais atenção o profissional dá ao cliente, maiores são as chances de fidelizá-lo.

8. Mostre a importância de um ambiente organizado

A primeira impressão é a que fica. O velho ditado popular mostra como é importante manter um posto de combustíveis bem limpo e sinalizado. Por isso, as capacitações necessitam mostrar para os colaboradores que o local de trabalho precisa estar bastante organizado.

Caso uma bomba estiver com defeito, tenha placas informando. Outra medida relevante é evitar, ao máximo, papéis e objetos espalhados. Mostre para o funcionário que o posto deve ser cuidado para o benefício de todos.

Com certeza, apostar no treinamento de frentistas é uma ação que ajuda o estabelecimento a obter reconhecimento do público. Se você tem dicas, dúvidas ou experiências sobre capacitar os profissionais de um posto de combustíveis, deixe o seu comentário. O conhecimento merece ser compartilhado!

Gostou do Post? Quer receber mais textos como esse?

Assine nosso Blog e receba novos posts diretamente em seu Email.